A hora do contrato com os fornecedores



24 de setembro de 2012 - Postado em: Dicas , Planejamento
Sonhar com um casamento perfeito, no qual tudo funcione da melhor forma possível, é um direito inegociável dos noivos. Mas para isso, alguns cuidados fundamentais devem ser tomados na hora de se fechar um contrato.
Aliás, o contrato (por escrito e assinado pelo fornecedor e por pelo menos um dos noivos) é peça essencial para se garantir o cumprimento daquilo que foi combinado. Ou pelo menos garante, se a empresa não honrar o compromisso, ou o fazer de maneira parcial, que você possa garantir os seus direitos na justiça.

Cuidados básicos como pesquisar a reputação do fornecedor, verificar sua inscrição como empresa, consultar o Procon e até sites de reclamações sobre possíveis queixas de consumidores são ações necessárias, inclusive antes de se iniciar os contatos.

Você tem o direito de exigir dos possíveis fornecedores de bebidas e alimentos a degustação, pois assim você garante a qualidade que procura nesses serviços, além de selecionar exatamente aquilo que você quer que seja servido na festa, dentre as opções do buffet escolhido.

Importante é se resguardar assinando o contrato após analisar todas as cláusulas existentes ali, e isso para todos os serviços: buffet, decoração, bolo, espaço da festa, cerimonial, fotografia, vídeo, som etc.

Cada vez mais os fornecedores se preocupam em atender da melhor forma possível, pois sabem que em um mundo informatizado como o nosso, a falha em um serviço é o início do descrédito da empresa, mesmo que essa tenha uma longa tradição, pois a troca de informações é cada vez mais rápida, com blogs e sites, por exemplo.

Lembre-se que ninguém (e no caso nenhum fornecedor) é infalível. Mas nossa sensibilidade sabe detectar quando somos lesados ou não.

No caso de falha grave, e de acordo com o contrato, temos direitos como o de pedir sua anulação, por exemplo, ou o abatimento de parte do valor pago, além de indenização por danos morais ou materiais decorrentes da falta de cumprimento da parte do fornecedor.

Válido guardar esse importante artigo do Código de Defesa do Consumidor: “o fornecedor de serviços, responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua fruição e riscos” (art. 14). 

Mas o bom mesmo é ler e reler o contrato, conferir se nele consta tudo o que foi combinado (nos mínimos detalhes), pois assim é mais fácil evitar qualquer dor de cabeça no grande dia.

faça uma pastinha com os contratos para que fiquem muito bem guardados – passe todas as cópias para o cerimonial, pois ele que vai conferir tudinho nas vésperas e no dia do casamento.

Não vale esquecer do sorteio. Clique aqui para saber como participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Por
Tags:

Um comentário

  1. […] do mundo: a Ana Paula Aguiar. Ela é sensacional e nossa conexão foi imediata. Foi o primeiro contrato que assinamos e ficamos muito felizes por conseguir uma data na agenda disputada dela. Em outro […]

Deixe seu comentário



*Obrigatório. O email não será publicado.


Voltar ao topo