Carregando..
guia de fornecedores
ou

Músicas para a cerimônia: modernidade ou tradição?

DicasMúsica e SomO Casamento
Músicas para a cerimônia: modernidade ou tradição?

Essa é uma eterna discussão. Além de ter que se levar em conta o gosto pessoal do casal (ou de uma das partes que ficar a cargo da escolha), deve-se atentar para outra questão muito importante – o local da cerimônia.
Se a cerimônia estiver marcada para um espaço alugado, tudo bem, a escolha é livre.  A questão só suscita maiores discussões se o local escolhido for uma igreja (independentemente da religião), pois a maioria delas não aceita que se “inovem” na escolha das músicas que farão parte da cerimônia (entrada do noivo, padrinhos, daminhas/pajens, da noiva, de saída…), e determinam os temas clássicos, como, por exemplo, Clarins de Roma, Primavera de Vivaldi, Marcha Nupcial, Ave Maria e Jesus Alegria dos Homens.
A questão é que está cada vez mais comum a escolha de músicas mais contemporâneas (seja por gosto pessoal, ou porque marcou a história do casal). Músicas como Eu Sei que Vou te Amar, Say a Little Prayer, Oh Happy Day e Can’t Take my Eyes of You são algumas das preferidas.  Assim, entrar em acordo com o encarregado da igreja é um grande passo para conseguir a sua trilha desejada.
Conheço alguns casos que foram resolvidos com uma composição entre o clássico e o moderno – ambas fizeram parte da cerimônia – e tudo correu bem. Mas se vocês fazem questão de escolher todas as músicas e não abrem mão disso, uma boa conversa sempre é o melhor caminho.

fornecedores


voltar ao topo