Carregando..
guia de fornecedores
ou

Os pajens: charme na cerimônia

Sem categoria
Os pajens: charme na cerimônia
04_MG_2476

nosso cortejo de crianças

Não importa. Seja na igreja, no sítio ou em qualquer espaço alugado para a cerimônia, existem dois personagens que não podem faltar no casamento (além dos noivos, é claro): os pajens e as daminhas. Afinal, quem não se derrete ao ver as crianças entrando na cerimônia com aquelas roupinhas pensadas especialmente para aquele momento? Os meninos com terno ou roupinha social, e as meninas com aqueles vestidinhos mais fofos?

Especificamente vamos falar do pajem. É uma tradição que vem de longa data, mais precisamente do final da Idade Média e início da Idade Moderna. Nessa época, era comum que o menino da casa fosse encarregado de auxiliar o patriarca da família, arrumando a mesa ou organizando os afazeres deste.

O pajem é o responsável pela condução das alianças. Recomenda-se uma proximidade com o casal, ou pelo menos com um dos noivos, além é claro a questão da idade(sugere-se a partir de 5 anos), para que a criança tenha pelo menos uma noção razoável daquilo que deve fazer na cerimônia.

Se der, inclua os pajens e daminhas no ensaio de véspera. Muitos casais optam por pajens menorzinhos, para aumentar o ar de graciosidade do momento, mas de crianças bem pequenininhas pode-se esperar tudo, inclusive que elas não façam o que é esperado.

O certo é que a cerimônia fica mais linda e iluminada com a presença das crianças, não é verdade?

:: Na nossa cerimônia os pajens foram o sobrinho da Elaine, Pedro (levando as alianças), e o filho de um primo dela, Bernardo. Crianças lindas e levadas, mas fizeram tudo direitinho e ficaram quietas pelo menos enquanto estavam na igreja.

Ludmila Loureiro Portraitist

dá pra reparar o quanto o Pedro é levado – na porta da igreja fazendo caretas

IMG_8289

o Bernando mal recebeu as balinhas já estava comendo e dividindo com a família.

fornecedores


voltar ao topo